Universidade Federal do Para
 
TERÇA-FEIRA, 26 DE SETEMBRO DE 2017
 

Participação feminina na política é tema de mesa-redonda

O Grupo de Estudos e Pesquisas Eneida de Moraes sobre Mulher e Relações de Gênero (Gepem) e o Grupo de Estudos Interdisciplinares sobre Gênero (GEIC) da UFPA promovem, na próxima terça-feira (14), a mesa-redonda “As mulheres e os espaços de poder e decisão: os degraus para o acesso e a quebra de entraves”. O evento, que será realizado no Auditório da Faculdade de Filosofia, no prédio do IFCH, faz parte da programação de uma das mais atuantes linhas de pesquisa do Gepem/GEIC, “Gênero, mulheres e participação política”.

De acordo com a professora Luzia Miranda, coordenadora do Gepem, a mesa busca propiciar o contato direto com atores sociais que desenvolvem duas formas de participação política, as formais e as informais. “Para isso, contaremos com a participação da vereadora Sandra Batista (PCdoB), da Câmara Municipal de Belém, trazendo sua história de acesso à política formal, e de Eneida Guimarães dos Santos, associada a movimentos de mulheres, abordando sua presença na política informal. O professor Roberto Corrêa, de Ciência Política, fará a mediação, apontando os eixos teóricos que estão em discussão”, explica a socióloga.

Um estudo conduzido pelo Gepem construiu essas diferenças de participação das mulheres: a informal ocorre no exercício de determinados papéis sociais, como o engajamento em movimentos sociais ou cumprimento de determinadas funções, e a formal, por meio de competição eleitoral e delegação de poderes na representação política. A mesa-redonda marca o fim de um mês de debates sobre essa temática, durante quatro terças-feiras de março.

Para Luzia Miranda, tem havido conquistas em relação à participação feminina nesses espaços. Nos estudos de sua tese em Ciência Política e pesquisas subsequentes, os dados apontam para um crescimento do número de mulheres candidatas e, em percentuais ainda muito baixos, eleitas. Já nos movimentos de mulheres, foi evidenciado que as associadas promovem debates e demandas por políticas públicas, avançando para alcançar parlamentares que têm o poder de decisão. “Temos dados significativos sobre o processo de governo de 2007 a 2010, que possivelmente, apresentaremos em um simpósio em agosto, na comemoração dos 21 anos do Gepem”, antecipa.

Serviço:
Mesa-redonda “As mulheres e os espaços de poder e decisão: os degraus para o acesso e a quebra de entraves”
Data: 14 de abril de 2015
Hora: 14h
Local: Auditório da Faculdade de Filosofia, altos do IFCH
Entrada franca, com certificado de participação.

Texto: Adria Azevedo

 

 


xxxx - Universidade Federal do Pará
Tel: (xx) xxx-xx- E-mail: xxxx@ufpa.br