Universidade Federal do Para
 
SEXTA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017
 

Seminário discute sociabilidades nos mercados populares de Belém

Seminário discute sociabilidades nos mercados populares de Belém

O Grupo de Estudos sobre Mercados Populares (GEMP), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA), promove, nos dias 1º e 2 de outubro, a 3ª edição do Seminário Mercados Populares em Belém. O evento, que pretende apresentar o estado atual das pesquisas desenvolvidas pelo grupo, será realizado pela manhã e pela tarde, no auditório do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH).

De acordo com a coordenadora do GEMP, professora doutora Carmem Rodrigues, estudar feiras e mercados significa olhar não apenas as interações comerciais que acontecem ali mas também, sobretudo, o que vai junto com essas trocas. “É um olhar antropológico e sociológico sobre um campo econômico, que busca evidenciar que, junto com as trocas materiais, se cultivam relações, vínculos, lealdades e conflitos, e também como essas relações influenciam e são influenciadas por essas trocas. Existe toda uma sociabilidade entre os próprios feirantes, dos feirantes com os consumidores, dos feirantes com os produtores e assim por diante”, explica. “Posso citar como exemplo a feira do Jurunas, onde as pessoas vão, diariamente, não só para comprar coisas  mas também para encontrar e interagir com conhecidos”, complementa.

Programação - O seminário terá apresentação de trabalhos sobre a Feira do Jurunas, mas também sobre o Ver-o-Peso, o Espaço São José Liberto, os portos da Estrada Nova, a Feira da 25 e o Mercado Municipal de Mosqueiro.

GEMP – O grupo de estudos existe desde 2010 e, atualmente, conta com quatro professores pesquisadores e 12 estudantes, entre graduandos, mestrandos e doutorandos. Além das duas versões anteriores do seminário, o grupo já publicou um livro, Mercados Populares em Belém: produção de sociabilidades e identidades em espaço urbano, lançado pela Editora NAEA. A ideia dos participantes é expandir, cada vez mais, para o interior da Amazônia: já há pesquisas nas feiras de Cametá, Abaetetuba, Vigia e até sobre a feira de Caiena, na Guiana Francesa.

Serviço
III Seminário Mercados Populares em Belém
Dias: 1º e 2 de outubro de 2015
Hora: Das 9h às 17h
Local: Auditório do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH).

Texto: Ádria Azevedo – Ascom/IFCH

 


xxxx - Universidade Federal do Pará
Tel: (xx) xxx-xx- E-mail: xxxx@ufpa.br