Universidade Federal do Para
 
DOMINGO, 24 DE SETEMBRO DE 2017
 

Professor da UFPA participa de missão na Angola PDF Print E-mail

O professor Hilton P. Silva, do Programa de Pós-Graduação em Antropologia (PPGA) da Universidade Federal do Pará (UFPA) esteve em Angola, para participar da V Oficina de Cooperação Sul-Sul no Domínio da Educação e Formação de Jovens e Adultos, realizada em Luanda, Entre os dias 15 e 21 de julho. O docente participou, ainda, de outras atividades envolvendo a Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP).

O professor foi convidado pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB) - coordenadora do Programa ECOSS (Centro de Referência em Educação de Jovens e Adultos e Cooperação Sul-Sul) – e pelos Ministérios da Educação de Angola e Moçambique. Os eventos tiveram como temática a educação e a alfabetização de jovens e adultos dos países lusófonos na África, bem como buscaram a integração entre estas nações.

Experiências – O professor Hilton, que já esteve em Senegal, África do Sul, Guiné-Bissau e Marrocos, diz que conhecer a África, em todas as suas nuances, é saber mais sobre nossa origem. “É sempre uma experiência riquíssima, tanto pela diversidade bio-sócio-cultural daquele continente, quanto pelas muitas semelhanças que guarda com o Brasil e com a Amazônia, em particular. Lá, aprendemos muito sobre nos mesmos, não só pelas conexões históricas com os africanos, que vieram para ser escravizados aqui, mas também pela realidade atual, tão cheia de disparidades quanto a nossa”, afirma.

UNILAB/ECOSS – A UNILAB é uma universidade Federal situada no município de Redenção, Ceará, e surgiu em 2010, com o objetivo de integrar o Brasil com países da África, por meio da educação e de práticas inclusivas, entre elas a alfabetização e o ensino para jovens e adultos, visando o desenvolvimento humano e social do planeta.
O Programa ECOSS é uma das iniciativas da UNILAB, em parceria com a Rede de Cooperação Sul-Sul entre os Países de Língua Portuguesa no Campo da Alfabetização e da Educação de Jovens e Adultos. Criada em 2006, a Rede é composta por países como Angola, Cabo Verde, Portugal e Brasil, por meio de entidades governamentais, e busca a articulação entre estes países, no intuito de garantir a educação como um direito universal.

Na opinião de Hilton, o fim do analfabetismo é a chave para a criação de uma sociedade justa, e o trabalho do ECOSS potencializa os objetivos da Rede. “É uma oportunidade muito importante para a troca de experiências entre países que vivenciam situações similares, como o colonialismo, as convulsões sociais, pobreza extrema, enormes disparidades sociais, limitação de recursos humanos e financeiros e subdesenvolvimento.”

Parceria – A UFPA é uma das entidades parceiras do Programa ECOSS. Hilton é reconhecido pelo seu trabalho em Bioantropologia de populações vulneráveis, e também em Antropologia Visual, no campo de estudos sobre comunidades africanas e afrodescendentes, por meio de mapeamentos e projetos de pesquisa e extensão, bem como em iniciativas de educação em saúde. O professor finaliza, afirmando que “a questão da educação ao longo da vida é um dos direitos fundamentais do homem, e o PPGA tem um forte comprometimento com atividades voltadas a questões de políticas publicas e de direitos humanos.”

Mais informações sobre o PPGA no blog e no site.

Texto: Gustavo Ferreira – Assessoria de Comunicação da UFPA

 


xxxx - Universidade Federal do Pará
Tel: (xx) xxx-xx- E-mail: xxxx@ufpa.br